O rank da político-olimpíada

Posted by | Posted in , , | Posted on 28.2.10

Os jogos olímpicos de inverno em Vancouver terminaram hoje com a final de hockey no gelo masculino tendo o time da casa, o Canadá, como campeão, derrotando os EUA na prorrogação. Até aí tudo bem, mas a minha curiosidade para ver que país teve mais medalhas de ouro surgiu e fui pesquisar.

Para minha surpresa o Canadá tinha mais medalhas de ouro mas estava no 3º lugar do rank do quadro de medalhas. Confiram:


Para quem não sabe, o rank do quadro de medalhas sempre foi classificado pelo número de medalhas de ouro, e em seguida pelas medalhas de prata e bronze. Já o número total de medalhas nunca teve peso algum para o rank.

Em 2008, nas olímpiadas de Pequim, China, o país anfitrião dos jogos atropelou os outros paises tendo um número bem superior de medalhas de ouro. A mídia norte-americana durante a competição divulgava o rank classificado pelas medalhas de ouro, mas quando o evento foi chegando ao final e a China se destacando, o critério mudou. Ao término dos jogos os E.U.A. se declaravam como campeões do quadro de medalhas alegando terem o maior número de medalhas. Vejam os números:


País Ouro Prata Bronze Total
1 China 51 21 28 100
2 EUA 36 38 36 110
3 Rússia 23 21 28 72

Quer dizer que, segundo a mídia dos E.U.A., se um país tivesse nenhuma medalha de ouro e prata, mas ganhasse 111 de bronze, estaria em 1º lugar... hummmm Acho que isso não cola, né?

Agora ao ver o quadro de medalha dos jogos de Vancouver, vejo que o critério favorece os norte-americanos. Você até pode clicar e reclassificar o quadro pelo número de medelhas de ouro, mas a disposição inicial é uma prova de que se considera o número total de medalhas.

Deixando o lado esportivo de lado, essa disputa não é tão fútil assim como parece. Os jogos olímpicos e os esportes em geral sempre foram um meio para a propaganda e manifestações políticas:

"As Olimpíadas, em função de sua visibilidade na mídia, serviram de palco de manifestações políticas, desvirtuando seu principal objetivo de promover a paz e a amizade entre os povos. Nas Olimpíadas de Berlim (1936), o chanceler alemão Adolf Hitler, movido pela idéia de superioridade da raça ariana, não ficou para a premiação do atleta norte-americano negro Jesse Owens, que ganhou quatro medalhas de ouro. Nas Olimpíadas da Alemanha em Munique (1972), um atentado do grupo terrorista palestino Setembro Negro, matou 11 atletas da delegação de Israel. A partir deste fato, todos os Jogos Olímpicos ganharam uma preocupação com a segurança dos atletas e dos envolvidos nos jogos.

Em plena Guerra Fria, os EUA boicotaram os Jogos Olímpicos de Moscou (1980) em protesto contra a invasão do Afeganistão pelas tropas soviéticas. Em 1984, foi a vez da URSS não participar das Olimpíadas de Los Angeles, alegando falta de segurança para a delegação de atletas soviéticos."

Fonte: suapesquisa.com


É importante para os E.U.A. figurarem no topo de tudo e é isso que causa essa manipulação da informação. Fiquem de olho!

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Tats Cru em reality show

Posted by | Posted in , , | Posted on 28.2.10

A mania dos reality shows não para e a última novidade nesse formato de programa tem o graffiti como elemento principal. A produtora Rumur lançou o vídeo do episódio piloto do programa Mural Kings em seu site, tendo como estrelas os membros da Tats Cru. Confira!

A Tats Cru é uma famosa turma de escritores de graffiti situada no Bronx. Hoje atuam principalmente como "muralistas profissionais", ou seja, fazem pintura de painéis comerciais com técnicas de spray. O nível técnico dos trabalhos da Tats Cru é tão elevado que se auto-intitulam como Mural Kings, título que empresta nome ao programa. Saiba mais sobre a Tats Cru.

A idéia do programa é mostrar a produção de um painel de graffiti relacionado à uma história "real" do participante convidado. Esse mecanismo é geralmente utilizado nos programas do tipo reality show como o Miami Ink, onde os episódios mostram o dia-a-dia de um estúdio de tatuagem, o relacionamento com os clientes e o convívio entre os tatuadores.

Infelizmente esse tipo de realidade não é tão real assim. Já li muita coisa sobre o Miami Ink que apontava o programa como uma farsa, onde as pessoas anônimas que participavam como clientes tinham que pagar muito caro para terem os seus corpos tatuados aparecendo na tv. Ou seja, aquela cena do cliente entrando no estúdio como se nunca tivesse visto a cara daqueles "tatuadores-atores" seria uma mentira, que também incluiriam as brigas e o jeito truculento do responsável pelo estúdio (em atuações dignas de Oscar).

Por esses motivos não boto muita fé no Mural Kings. Quem me garante que a participação das pessoas não se dá mediante pagamento ou um "sorteio" através de inscrições do tipo BBB. No entanto, vejo como ponto positivo o fato de poder observar a Tats Cru em ação.

Analisando como um cara que pinta na rua e com uma opinião ligada mais à origem do graffiti em N.Y., fico com o pé atrás em ver o nome do GRAFFITI estar tão na mídia assim, parece ser nocivo ao conceitos originais que incomodavam tanto a sociedade. É dificil criticar escritores de graffiti que participam disso, pois eu mesmo não posso dizer que não toparia ganhar um trocado ou ter o meu trabalho expandido na mídia.

O que me incomoda de verdade é ver esse tipo de ação ser chamada de graffiti. Graffiti é muito mais do que isso, tem uma relação direta com a marginalidade. O graffiti mesmo nunca foi e nem será aceito em lugar nenhum, nem pela mídia e muito menos pela sociedade alienada. Isso pra mim se chama simplesmente pintura com tinta spray ou mais conhecida como Spray Can Art (Arte com Lata de Spray).

Sei que muitos escritores lutam para mudar a percepção da sociedade com relação ao graffiti, assim como a própria Tats Cru faz. Mas não sei se isso seria mesmo o melhor caminho, pois o mundão está pegando fogo e fica difícil de pintar alegria para uns enquanto outros estão se derretendo... A mídia em geral já tem esse papel.

É a primeira vez que abro esse pensamento publicamente, sempre discuti isso com um parceiro meu, o escritor de graffiti DGÓH. Desde o início desse blog eu sabia que acabaria abrindo essa discussão, só não imaginava que seria tão cedo. Quero só ver quando eu explicar o motivo que me leva a negar escrever a palavra grafiteiro...

Espero que opinem, é sempre bom discutir!

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Banksy

Posted by | Posted in | Posted on 27.2.10

O Banksy é um artista urbano que usa os problemas sócio-políticos como tema de suas intervenções. Suas obras são carregadas de conteúdo social expondo claramente uma total aversão aos conceitos de autoridade e poder.

Inúmeros graffitis feitos com stencil em sua maioria estão espalhados pelas cidades Inglesas de Londres e Bristol, sua cidade natal. Além de pintura, faz intervenções em espaços diferenciados. Duas de suas ações mais conhecidas se deram quando Banksy trocou 500 CDs da cantora Paris Hilton por cópias adulteradas em lojas de Londres, e colocou no parque de diversões Disney uma estátua-réplica de um prisioneiro de Guantánamo.

Ainda em 2010, Banksy estréia no Reino Unido o filme Exit Through the Gift Shop sob sua direção. Confira o trailler oficial:



Site oficial de Banksy

Links para baixar e-books dos livros sobre Banksy:
- Banging your head against a brick wall
- Existencilism
- Wall and Piece

Fonte dos links: Magrelus

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Gráfica Fidalga - Tipografia e impressão de cartazes lambe-lambe

Posted by | Posted in , | Posted on 26.2.10



As impressoras tipográfica praticamente sumiram da face da terra e esse vídeo mostra a relação de 3 pessoas com o seu trabalho numa das últimas gráficas que trabalho com tipos móveis. Hoje não sei se a gráfica ainda existe...

"Quantas vezes por dia não vemos aqueles cartazes coloridos misturados à sujeira e ao barulho da cidade? Shows de funk, de pagode, de mulheres dançarinas… vemos de todos os tipos, e são tantos que quase já não são mais vistos. Alguns dizem que enfeiam a cidade, já suja e saturada e poluição. Outros tratam o lambe-lambe como expressão de arte, e até colecionam exemplares.

Você já parou para imaginar de onde vêm esses lambe-lambes? Quem faz isso? São peças que parecem ter parado no tempo, que ainda utilizam a mesma tipografia de tantos anos atrás. Apesar dos assuntos que retratam terem se adaptado ao nosso tempo, o papel colorido e fino, a tinta bicolor e as grandes letras esticadas parecem pertencer a todas as épocas.

O vídeo abaixo mostra isso e muito mais sobre esses cartazes. A Gráfica Fidalga fica em São Paulo, e produz pôsteres em uma impressora alemã de 1929, que utiliza letras de madeira entalhadas. Chamado de “lambe lambe,” o fino papel usado nos pôsteres é colado com cola de arroz."

Texto retirado de: Abrindo O Livro

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Blog do Ônibus

Posted by | Posted in | Posted on 25.2.10






Você que usa e sabe como é precário o sistema de transporte público no Brasil, que sofre com a lotação dos veículos e acha injusta a cobrança das altas tarifas comparadas ao serviço oferecido. O Blog do Ônibus é um canal aberto para que possamos deixar nossas reclamações.

"O blog foi desenvolvido exclusivamente para auxiliar a coleta informações e reclamações dos usuários do sistema de transporte coletivo de ônibus na Capital de São Paulo (artigos 26, inciso VI, e 27, parágrafo único, inciso I, da Lei n. 8.625, de 12 de fevereiro de 1993 – Lei Orgânica Nacional do Ministério Público; e artigo 8º e seu §1º, do Ato Normativo n. 484-CPJ/MPSP, de 5 de outubro de 2006)."

"As informações e reclamações coletadas serão muito importantes para a Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Capital (SP), no Inquérito Civil instaurado para apurar a efetiva atuação dos órgãos e agentes municipais para que o cidadão paulistano tenha um transporte coletivo eficiente, seguro, confortável e pontual."

Basta saber se isso funcionará. Mas antes de acharmos que não, participemos!

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Documentário "Paisagens Possíveis" - Entrevista com o diretor Marcelo Camera

Posted by | Posted in , , | Posted on 25.2.10



Paisagens Possíveis vai até os cantões de São Paulo para contar a história de Antonio Vitor, artista plástico multifacetado.

Foi no extremo sul da cidade de São Paulo, bem próximo da represa Billings, que o documentarista Marcelo Camera se certificou de que tinha encontrado o personagem ideal para o seu filme. O nome dele é Antonio Vitor, um artista plástico cheio de idéias e opiniões contundentes acerca da arte e do cenário sócio-cultural que a envolve. Desse encontro nasce Paisagens Possíveis, documentário que a TV Cultura exibiu no último domingo (21/02/2010).
Leia a descrição do Documentário na íntegra.

Procurem por esse documentário em bibiotecas, vale pena a assitir.

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Oportunidade - Concurso Público da Imprensa Oficial de São Paulo - Ensinos Fundamental, Médio e Superior

Posted by | Posted in | Posted on 23.2.10

Última semana para se efetuarem as inscrições para o Concurso Público da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (IMESP). Mais uma oportunidade para quem está desempregado ou quer mudar de área/emprego. As inscrições devem ser feitas pelo site da Vunesp. É a sua oportunidade de fazer o sistema chorar com o seu crescimento profissional, mostrando que nós, somos realmente insurgentes!

- Clique aqui para fazer a sua inscrição.        - Baixar o edital.

Cargos e Salários
As necessidades de mão-de-obra da Imprensa Oficial-SP serão supridas mediante seleção de 176 profissionais dos níveis fundamental, médio e superior. As remunerações vão de R$1.152,86 a R$3.873,47 conforme o cargo, sendo que a jornada de trabalho é prevista para 40 horas semanais.

Segue a descrição das vagas:

Nível Fundamental:
Agente de Manutenção de Sistemas/ Especialidades: Sistemas de Refrigeração e Climatização (1 vaga), Sistemas de Telefonia (1 vaga), Sistemas Elétricos (2 vagas). Agente de Manutenção Predial/ Especialidades: Civil (1 vaga), Instalações Hidráulicas (1 vaga), Pintura (1 vaga), Serralheria (1 vaga). Ajudante Geral – Logística e Distribuição (6 vagas), Ajudante Geral – Produção Industrial (19 vagas), Operador de Empilhadeira – Logística – Distribuição e Transporte (3 vagas).

Nível Médio:
Agente de Registro/ Certificação Digital (10 vagas), Ajudante Gráfico/ Impressão Offset Plana e Rotativa (3 vagas), Almoxarife (2 vagas). Assistente Administrativo/ Especialidades: Comercialização e Vendas Editoriais (10 vagas), Comercialização e Vendas Editoriais (2 vagas), Jurídico (1 vaga), Marketing (2 vagas), Organização de Eventos (2 vagas), Suprimentos (1 vaga), Tecnologia da Informação (1 vaga). Expedidor – Logística (1 vaga), Produtor Gráfico – Editoração / Diagramação / Ilustração (4 vagas), Produtor Gráfico – Laboratório de Imagens (1 vaga). Técnico de Manutenção/ Especialidades: Manutenção Industrial (Elétrica) (3 vagas), Manutenção Industrial (Mecânica) (3 vagas), Manutenção Predial (2 vagas), Sistemas de Refrigeração e Climatização (2 vagas), Sistemas de Telefonia (2 vagas), Sistemas Elétricos (2 vagas). Técnico de Tecnologia da Informação e Comunicação/ Especialidades: Certificação Digital (3 vagas), Desenvolvimento, Suporte e Manutenção de Sistemas / Web – Suporte a Sistemas e Aplicativos (3 vagas), Digitalização – Operação (2 vagas), Gestão de Infraestrutura / Suporte Técnico ao Usuário (1 vaga), Hospedagem de Sites – Administração de Ambientes Externos (1 vaga). Técnico Editorial – Comercialização Diário Oficial – Vendas Diretas e Prestação de Serviços (1 vaga). Técnico Gráfico/ Especialidades: Acabamento Mecanizado (3 vagas), Controle (1 vaga), Impressão Digital (2 vagas), Impressão Plana (5 vagas), Impressão Rotativa (3 vagas), Planejamento (2 vagas), Pré-Impressão (1 vaga), Produto (3 vagas).

Nível Superior:
Advogado (2 vagas). Analista Administrativo nas Especialidades: Administração de Pessoal e Folha de Pagamento (1 vaga), Análise Editorial (3 vagas), Assessoria de Imprensa (1 vaga), Auditoria Interna (1 vaga), Contratos (3 vagas), Institucional (3 vagas), Logística (2 vagas), Marketing (2 vagas), Produtos de Tecnologia (1 vaga), Serviços Gráficos Sob Demanda (2 vagas), Suprimentos (7 vagas). Analista de Tecnologia da Informação e Comunicação/ Especialidades: Desenvolvimento, Suporte e Manutenção Evolutiva Web / Sistemas Corporativos – Implantação (1 vaga), Digitalização – Suporte a Venda (2 vagas), Gestão de Projetos (5 vagas), Venda Técnica (2 vagas). Analista Gráfico/ Especialidades: Acabamento (1 vaga), Impressão (1 vaga), Impressão Digital (1 vagas), Pré-Impressão (1 vaga), Produto, Planejamento e Controle (2 vagas), Ressuprimentos Almoxarifado (2 vagas). Bibliotecário (1 vaga), Design Gráfico (4 vagas), Editor I – Fotografia (1 vaga), Engenheiro/ Manutenção Civil (2 vagas), Engenheiro/ Manutenção Industrial (1 vagas).

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Manifestação para Barrar o Aumento - 25 Fev 2010

Posted by | Posted in , | Posted on 22.2.10

"Se a cidade é página em branco, todos os muros, ruas e espaços públicos são um convite ao discurso e à ação."

Se você concorda com essa frase e acha que através da arte é possível se expressar, participe da última ação coletiva programada em protesto contra os recentes e abusivos aumentos das tarifas dos ônibus, metrô e trem da cidade de São Paulo.

Saiba mais em Arte.Barraroaumento.org.

Veja também o excelente vídeo conceitual para promover e convidar participantes para o manifesto:

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

Moradores do Jardim Lucélia se manifestam

Posted by | Posted in , | Posted on 21.2.10

Enquanto a grande mídia só mostra trânsito no centro da cidade, o povo pisa na lama na periferia. Os moradores do Jd. Lucélia, Zona Sul de Sâo Paulo, se uniram em protesto contra as enchentes de Janeiro. Apesar de obterem apenas promessas dos políticos desgraçados, essa foi uma demonstração de que não devemos ficar parados.

Informação coletada no blog do Ferréz. Matéria original está publicada no Passa Palavra, por Rodrigo Andrade.

O vídeo abaixo é do Cocaia Luta, dá pra ter uma ideia visual da desgraça. Veja mais vídeos aqui.

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário

ENCLAVE, no Abismo das Almas Perdidas

Posted by | Posted in | Posted on 21.2.10


Como no post anterior, esse post serve para fortalecer a idéia desse blog, mais pra frente compartilharei outros tipos de informação, mas não perdendo o foco "dessa gente insurgente". Admiram e reflitam sobre os assuntos registrados pelo fotojornalista Choque. O título já diz tudo.
Flickr do Choque

O que achou disso? 
Deixe seu Comentário